domingo, 25 de janeiro de 2015

U. COIMBRA- 1 ALA-ARRIBA- 0

Melhor o resultado do que a exibição

Jogo no Estádio Sérgio Conceição.
Árbitro: Carlos Rafael, auxiliado por Rui e José Luís.
Ao intervalo: 0-0.
Marcador: Gonçalo.

U. Coimbra: Rebelo, Toninho, Teixeira, V. Duarte, Luís Santos, Amado, Gonçalo, Fernando Martins, André, Zeca e Beto.
Jogaram ainda: Ramos, Manaia, Vítor Sá, Murta, Monteiro, Freitas, Moinhos, Joaquim e Arcanjo.
Outras presenças: Vítor Oliveira, Cândido, Ramiro, Loureiro, Marcelino, Regêncio, Pedro Maria, Huguinho, Cortez e Abel.

Na recepção à equipa oriunda da Praia de Mira vencemos pela margem mínima, depois de uma exibição muito "cinzenta". Em dia de "S. Rebelo", não fosse a inspiração do nosso guarda redes e o resultado teria sido bastante diferente. Na primeira parte falhámos inúmeros passes e não conseguíamos fazer a transição "meio-campo - ataque". Nem as exibições esforçadas de alguns elementos conseguiram contagiar o colectivo. Neste período os forasteiros beneficiaram de flagrantes oportunidades de golo mas esbarraram sempre no intransponível Rebelo.
No segundo tempo a nossa equipa melhorou ligeiramente o futebol praticado e Gonçalo, na sequência de um canto, marcou o primeiro e único golo desta partida. Rebelo manteve o brilho da sua exibição nalgumas fases desta segunda parte.

Com uma exibição pouco convincente, vencemos o Ala-Arriba pela margem mínima
O Ala-Arriba deixou excelente impressão em Coimbra
A habitual oferta de lembranças à equipa que nos visita


domingo, 18 de janeiro de 2015

PRÓXIMO JOGO DIA 24 DE JANEIRO COM O ALA-ARRIBA

No próximo sábado, dia 24 de janeiro, pelas 15horas, realizamos mais uma partida, desta feita com os veteranos do Ala-Arriba.
O encontro realiza-se no Estádio Sérgio Conceição, em Taveiro e a concentração é às 13h45m.
Este é já o 12º jogo desta época.

domingo, 11 de janeiro de 2015

LOURINHANENSE- 5 U. COIMBRA- 0

POUCA ATITUDE NA BASE DA GOLEADA

Jogo no Estádio Municipal da Lourinhã.
Ao intervalo: 1-0.
Treinador: Vítor Oliveira.
U. Coimbra: José Carlos, Monteiro, Vítor Duarte, Luís Santos, Murta, Amado, Gonçalo, André Ferreira, Trindade, Fernando Martins e Zeca,
Jogaram ainda: Arcanjo, Toninho, Paulo Fonseca, Freitas, Teixeira, Ramos, Joaquim e Alex.
Outras presenças: Ramiro, Marcelino, Abel e Cortez.

Na deslocação à Lourinhã a nossa equipa foi goleada, no primeiro jogo do ano. Os jogos entre estes dois núcleos prometem sempre muita qualidade  e equilíbrio mas, desta feita, a diferença de valores ficou bem patente no resultado final. A formação da casa imprimiu um ritmo forte e uma qualidade de jogo superior e a nossa equipa, demasiado apática, foi incapaz de suster o caudal ofensivo contrário. O resultado ao intervalo era já lisongeiro para nós e, na segunda parte, o Lourinhanense acentuou o domínio de jogo e chegou à goleada. No segundo tempo, e a perder por 2-0, Fernando Martins desperdiçou uma grande penalidade, esfumando-se aí a possibilidade de discutirmos o resultado. A nossa atitude competitiva foi escassa e explica a diferença no marcador.
Na 3ª parte a qualidade dos anfitriões ficou, mais uma vez, bem patente e os laços de amizade entre os dois núcleos sairam reforçados.

O nosso núcleo entrou com o pé esquerdo no novo ano e foi goleado na Lourinhã

                                                      A nossa "veterana" Isabel recebeu a oferta do Lourinhanense
                                                                   
A formação anfitriã apresentou fortes argumentos

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

"PARABÉNS A VOCÊ!!!"... EM JANEIRO

ZECA MATOS - 26 DE JANEIRO
PEDRO MARQUES - 28 DE JANEIRO
ARCANJO - 28 DE JANEIRO
TONINHO - 30 DE JANEIRO

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

FESTA DE NATAL - 20 DEZº 2014



Realizou-se no passado sábado, no restaurante 39, o tradicional jantar de Natal do nosso núcleo. Mais de 100 pessoas compareceram nesta festa, que é já um marco no universo dos veteranos unionistas.
Os veteranos e suas famílias, sócios, antigos dirigentes e simpatizantes conviveram durante algumas horas no mais puro espírito natalício. À imagem de anos anteriores, escolhemos novamente uma instituição de solidariedade social para ajudar com a doação de bens alimentares. Desta vez foi a instituição Todos pelos Outros a eleita e, dois dos seus responsáveis estiveram presentes no nosso jantar.
O momento mais esperado desta confraternização, a chegada do Pai Natal, foi aguardado com grande ansiedade pelos mais pequenos e a distribuição das prendas inundou de alegria o rosto das crianças.
Grandes figuras do passado do nosso clube, como Francisco Andrade, Seabra e Zé Vítor entre outros, responderam afirmativamente ao nosso convite e abrilhantaram o nosso convívio.

Publicamos algumas fotos para ilustrar o nosso grande convívio de Natal:
Um cabaz, uma máquina de gelados, uma pasta,
uma caixa de CD,s e uma abóbora foram os prémios a sortear

A FESTA TAMBÉM FOI DOS MAIS PEQUENOS







O HINO FOI CANTADO COM GRANDE FERVOR 


Em nome da comissão da festa de Natal (Marcelino, Monteiro, Zeca, Ramiro, Toninho, Trindade e Amado) os agradecimentos a todos os que tornaram possível a realização deste evento.

FESTAS FELIZES E... ATÉ PARA O ANO


domingo, 14 de dezembro de 2014

U. COIMBRA- 2 CÂMARA LISBOA CLUBE- 1

Jogo no campo da Arregaça.
Pardal, Teixeira, Gonçalo, Minas, Murta, Zeca, Maná, Huguinho, Beto, Trindade e Jorge Alexandre.
Jogaram ainda: Joaquim, Hugo Manaia, Ramos, Amado e Freitas.
Outras presenças: Marcelino, Luís Santos, Ramiro, Loureiro, Monteiro, Regêncio, Cortez e Abel.
Ao intervalo: 1-0.
Marcadores: Maná e Jorge Alexandre.

Vitória tangencial no último jogo do ano
A nossa equipa encerrou o ano de 2014 com uma vitória curta, mas inteiramente justa, frente à formação da Câmara Municipal de Lisboa. O novo equipamento que estreámos deu brilho à nossa exibição, coroada com dois golos fantásticos, da autoria de Maná e Jorge Alexandre.
Entramos no jogo a dominar mas, nas inúmeras vezes que chegamos à área lisboeta, revelamos alguma intranquilidade. Só uma bomba de Maná, já perto do intervalo, deu a justa vantagem à nossa equipa.
No segundo tempo continuamos a dominar mas continuamos a pecar na finalização. Os lisboetas tornaram-se mais atrevidos e chegaram ao empate, através da marcação de uma grande penalidade. A jogar a toda a largura do terreno acentuámos a nossa supremacia e Jorge Alexandre, num chapéu perfeito, conferiu justiça no resultado.
A nossa equipa estreou um novo equipamento com uma vitória tangencial
Rui Pereira, Gabriela Quaresma e Carlos Rafael

Abel e Cortez entregam o prémio ao feliz contemplado

A simpática e profissionalíssima equipa do restaurante Brasil ao peso